TEXTO

TODO DOMINGO, UM POST NOVO A PARTIR DAS 20HS

domingo, 9 de março de 2014

TRILHA ASFALTO CHAVANTES-SP / IPAUSSU-SP



A Caloi Elite 30 é um bicicleta para competições de Mountain Bike, mas porque não utilizá-la no asfalto? Resolvi pegar um trecho da Rodovia Raposo Tavares que liga os municípios de Chavantes-SP até Ipaussu-SP na altura do km 360, o resultado é mostrado através das fotos desse post. 


Pra descer todo santo ajuda, agora pra subir foi no sufoco. Dois fatores negativos: subidas "monstro" e caminhões em altíssima velocidade. 


O lado positivo é o acostamento que embora tenha alguns buracos, não compromete negativamente, ou melhor, ajuda, pois ele é quase da mesma largura da pista, o que é excelente.


No caminho há um antigo posto de gasolina totalmente destruído e abandonado, além de um restaurante mineiro bem movimentado (Domingo) chamado RECANTO DE MINAS. 


A chegada até Ipaussu foi tranquila e sem nenhum incidente. O calor abundante da região esteve presente por todo o trajeto. 


Resumindo: Trilha que exige um preparo físico básico, mas exige. São aproximadamente 3 subidonas que é preciso pedalar com vontade :)

domingo, 16 de fevereiro de 2014

TRILHA IPAUSSU-SP / CHAVANTES-SP


A Trilha da vez é a estradinha de terra que liga o município de Ipaussu-SP até Chavantes-SP em paralelo a Rodovia Raposo Tavares, na altura do km 360.


Apesar do tempo abafado e com "cara" de chuva, todo o trajeto de ida e volta aconteceu sem água #valeusãopedro. O sol, embora super acanhado, tratou de mandar aquele mormaço típico do interior e o resultado foi que o protetor solar não resistiu. Agora eu estou digitando com o braço todo vermelho e usando pós sol #natura


A saída de Ipaussu foi pela antiga Estação de Trem e logo de início deu pra perceber que o "chão de terra" estava muito bom e não teria problemas em percorrer a distância entre as 2 cidades (aproximadamente 12km - ida e volta)


Os trechos alternavam solos com mais pedras e outros com mais terra roxa, típica na região #lavarabicicletadepoisdatrilha


A estrada é muito deserta e no período em que eu pedalei não vi nenhum outro ciclista #naufrágo. Vi apenas 1 carro na ida e 1 carro na volta. 


A maior dificuldade foi a volta da percurso entre Chavantes e Ipaussu, mas não porque a estrada apresentava alguma dificuldade e sim por causa do vento. 


Outra coisa que chamou a atenção, principalmente se você for um marinheiro de primeira viagem, foram as bifurcações na estrada. Há várias delas, mas o segredo é seguir sempre em frente, numa reta só, pelo menos foi isso que eu fiz e deu certo.


A chegada em Chavantes foi bastante tranquilo em meio há um bairro bem calmo.


Num trajeto pequeno como esse, em que a distância é de aproximadamente 12 km ida-volta, o ideal é carregar cereais e uma garrafa térmica. A minha garrafinha é de 750 ml de água e com certeza sempre há necessidade de completar o líquido em algum boteco da cidade.  


A chegada em Chavantes-SP se dá pela pacata Rua Carlos A. de Oliveira Mansur. 


A paisagem não é das mais belas rs, mas a paz que uma trilha dessa trás é compensatória. Vale a pena.


A viagem ocorreu tudo bem, mas os pontos para ficar esperto para a próxima trilha é melhorar o Protetor Solar, substituir a água por algum repositor energético e levar mais barras de cereais. Uma outra coisa que não fiz foi aproveitar melhor a cidade de destino, no caso Chavantes, pois eu apenas dei uma volta básica na cidade e portanto na próxima pretendo conhecer um pouco mais. 


Resumindo: Trilha pra iniciante!!! Vale a pena!!! Sem perigos aparentes.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

CALOI ELITE 30


Uma expressão muito na moda hoje em dia é a tal "QUALIDADE DE VIDA" e foi pensando nela que resolvi adquirir uma bicicleta após me mudar para Ipaussu-SP (360 km de SP).


Após uma pesquisa via google (somente bicicletas 29ER - aro 29), eu cheguei a conclusão que iria de CALOI e o estilo seria MOUNTAIN BIKE. Sobre a escolha da marca, eu pensei muito na assistência técnica e no ótimo custo benefício, pois uma bicicleta do estilo da ELITE 30, porém importada com câmbio Shimano sairia absurdamente cara $$$$$.


Fiquei na dúvida entre a ELITE 10 (R$ 2.599,00), ELITE 20 (R$ 3.099,00) e a ELITE 30 (R$ 4.399,00), mas eliminei de cara a possibilidade de compra da Elite Carbon (R$ 9.999,00). Na época da compra (outubro/13), acredito que não havia sido lançada a VITUS 29ER (R$ 4.999,00) e nem a Elite Carbon Team (R$ 15.499,00).


Fazendo um rápido resumo dos 3 modelos de Caloi ELITE:

ELITE 10 - Introdução ao mundo do Mountain Bike
ELITE 20 - Performance
ELITE 30 - Competição


Depois de várias dúvidas acabei adquirindo a ELITE 30 com quadro 17. Deveria ter escolhido o quadro 15, devido minha altura não ser das maiores rs, mas tudo bem. Fui enganado por uma tabela do site da CENTAURO (isso... comprei a BIKE pelo SITE - Não RECOMENDO compra de bicicletas pela Internet), em que dizia Quadro 17 para alturas entre 1,60 e 1,70. Enfim.... é com a ELITE 30 que estou bicicletando por uma vida melhor.


Características Técnicas da Bicicleta Caloi Elite 30:


Conjunto de Quadro
Geometria: desenhado para competições de Mountain Bike com cabeamento interno, freio Post Mount e Chainstay com 438mm
Material: Alumínio
Tamanhos: 17 e 19
Cor: Preto + Branco
Suspensão: Dianteira Rock Shox XC 30 - 100mm com trava 

Conjunto de Rodas
Aros: 29 em alumínio de parede dupla
Raios: Inox
Cubo dianteiro: SRAM 406
Cubo traseiro: SRAM 406

Sistema de Freios
Freio: Disco Avid hidráulico - Elixir 1
Alavanca de freios: Avid

Marchas
Número de marchas: 30 velocidades
Câmbio Dianteiro: SRAM X-7
Alavanca de Câmbio: SRAM X-7
Corrente: SRAM
Pedivela: SRAM

Componentes
Pedais Crank Brothers Egg Beater Candy
Selim FIZIK Nisene
Avanço (mesa), guidão, canote e manopla Crank Brothers Cobalt 1